• O sindicato


  • Associados


  • Contribuições


  • Mídias


  • Área do associado


  • Associe-se


Portos no ES: crescimento nas movimentações e planos de investimentos

Publicado em 28/07/2022

Importações e exportações em alta, recorde nas movimentações, projetos saindo do papel e cada vez mais planos de investimentos: esses são alguns destaques dos portos do Espírito Santo que trazem, para os próximos meses e anos, perspectivas positivas de crescimento e resolução de alguns gargalos do comércio exterior capixaba.


Ao longo do ano passado, o TVV começou a trabalhar cada vez mais como terminal multipropósito, com foco em trazer carga geral e redirecionamento no uso do pátio. Isso refletiu no resultado do primeiro trimestre de 2022, quando foi registrado crescimento de 150% na movimentação de tonelada de carga geral quando comparado ao mesmo período em 2021 – um recorde histórico no volume movimentado pelo terminal.


O diretor de terminais Ilson Hulle adianta, ainda, que o TVV possui um Plano de Investimentos com dois objetivos principais: adequar o terminal ao atendimento de embarcações de maior porte e proporcionar modernização e eficiência, ampliando a capacidade nominal. O plano totaliza R$ 517 milhões, sendo dividido em R$ 83 milhões para investimentos em novos ativos e R$ 434 milhões para manutenção e reposição dos ativos existentes.


Após leilão realizado no último mês de março, o Porto de Vitória está em processo de transição para a chegada do concessionário privado. Ai diretora de Planejamento e Desenvolvimento da Codesa, Raquel Guimarães, adianta que esse processo abrirá inúmeras oportunidades de alavancagem da competitividade do porto, com expectativa de aumentar em até 70% a movimentação no porto. Além disso, o pontapé inicial da exploração do calado de 12,5 metros já foi dado, com a retomada das manobras-teste.


Terminal multimodal e apto a operar diferentes tipos de carga, Portocel acumula excelência na movimentação de produtos florestais e concentra, hoje, o embarque de cerca de 60% de toda a celulose que o Brasil exporta. Julio César Lourenço, gerente de Estratégica e Gestão de Novos Negócios de Portocel, ressalta que o terminal está em constante trabalho para ampliar a movimentação de cargas gerais, conquistando, recentemente, a permissão para receber navios com até 36 metros de boca.


Projetos


As obras do Complexo Portuário da Imetame seguem avançando, com a etapa final da construção do quebra-mar norte, que terá 1.067 metros lineares, e o início do quebra-mar leste, com volume cinco vezes maior do que o norte. Iniciadas em junho do ano passado, as obras da primeira fase do empreendimento estão previstas para serem concluídas em três anos.


Com profundidade de 17m, o porto poderá receber embarcações de longo curso, tanto para contêineres - com os navios de 366 metros de comprimento - como para granéis sólidos, com os navios Capesize. O Imetame Porto Aracruz está sendo preparado para ser a nova plataforma logística do Espírito Santo, com menor emissão de carbono e capacidade para atender a nova geração de navios vindo para a nossa costa.

 

Portos no ES: crescimento nas movimentações e planos de investimentos

Compartilhe:

 

 

Visitas: 231



Contato

http://www.sindiex.org.br/ http://www.sindiex.org.br/

Este site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Leia nossa Política de privacidade.