• O sindicato


  • Associados


  • Contribuições


  • Mídias


  • Área do associado


  • Associe-se


Perfil País traz oportunidades de exportação e fluxos de investimentos na China, Índia, Israel e Portugal

Publicado em 19/07/2022

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) acaba de lançar quatro novas edições do Perfil País, com foco em China, Índia, Israel e Portugal. O produto apresenta um panorama econômico de cada país selecionado, com análises sucintas sobre as oportunidades e os desafios desses mercados.

Com maior população do mundo, a China tem uma expectativa de crescimento de 5,4% ao ano no período 2022-2025, o que faz do país um mercado atrativo para produtos brasileiros. Ainda que a pauta de exportações do Brasil para a China tenha participação significativa de commodities, entre eles minério de ferro, soja e petróleo, há ainda oportunidades mapeadas para 433 produtos brasileiros alavancarem suas vendas no mercado chinês, como café, fibras têxteis, celulose, proteína animal, entre outros. O país também se destaca por investimentos nos setores energético, automotivo e extrativo, sendo que, em 2019, a China ultrapassou o Japão e tornou-se o maior investidor asiático no Brasil.

Segundo país mais populoso e sexta maior economia do mundo, a Índia é reconhecida por sua especialização em serviços de tecnologia da informação (TI). Com variação do PIB de 8,6% em 2021, a previsão é que o crescimento econômico indiano continuará robusto nos próximos anos. Dessa maneira, há oportunidade de diversificação das exportações brasileiras para a Índia, pois 76% da pauta concentram-se em petróleo bruto, gorduras e óleos vegetais e ouro. Nesse sentido, o Mapa de Oportunidades da ApexBrasil identificou oportunidades para 367 produtos brasileiros no mercado indiano, como couro, produtos químicos, especiarias e madeiras.

A economia israelense é desenvolvida e tem altos níveis de crescimento. Com mão de obra qualificada de alto poder aquisitvo e indústria de tecnologia desenvolvida, a entrada de produtos de alto valor agregado é favorecida. Contudo, a pauta exportadora brasileira para o país também é bastante concentrada, com cerca de dois terços do valor das vendas brasileiras em carne bovina, petróleo e soja. O Acordo de Livre Comércio entre Mercosul e Israel, que entrou em vigor em 2010, pode ser um importante elemento para a diversificação das vendas brasileiras para o país. Israel também é o principal investidor do Oriente Médio no Brasil, com oportunidades de atração de investimentos israelenses em setores como o aeroespacial, o de defesa e o de tecnologia para o agronegócio.

Por fim, há pouca concorrência entre as pautas exportadoras de Portugal e Brasil. Aproveitando-se dos laços históricos e culturais com Portugal, o Brasil responde por 3,1% das importações portuguesas, bem acima da média de participação nas compras europeias. Esse cenário denota oportunidade de mais de US$ 11 bilhões em exportação para 427 produtos brasileiros, especialmente para artigos manufaturados, produtos alimentícios & animais vivos, materiais em bruto e combustíveis. Destaca-se também, desde 2014, a tendência crescente do investimento estrangeiro direto de Portugal na economia brasileira, especialmente nos setores de energia, hotelaria e turismo & infraestrutura.
Perfil País traz oportunidades de exportação e fluxos de investimentos na China, Índia, Israel e Portugal

Compartilhe:

 

 

Visitas: 72

Fonte: Apex Brasil

Contato

http://www.sindiex.org.br/ http://www.sindiex.org.br/

Este site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Leia nossa Política de privacidade.