O que eles esperam de 2023?

Publicado em 26/01/2023

O ano de 2022 foi marcado pela comemoração dos 30 anos do Sindiex e pelo envolvimento cada vez mais forte dos associados e da diretoria nas demandas do comércio exterior capixaba. Através dos comitês técnicos especializados, a entidade acompanhou de perto as pautas mais relevantes para o segmento.


Na última reunião da diretoria efetiva e suplente de 2022, os diretores falaram sobre o ano que passou e suas expectativas para 2023. Para Idalberto Moro, diretor adjunto do Sindiex, o ano foi muito importante para as importações do Espírito Santo e 2023 tem tudo para ser ainda mais expressivo.



Valeska Sily Vasconcellos, diretora suplente da entidade, ressaltou que 2022 foi um ano excelente, de muito crescimento para as empresas associadas e para o Estado. “E acredito que 2023 será ainda melhor, repleto de desafios e conquistas”.



Guilherme Picard, diretor suplente do Sindiex, avalia 2022 como um ano muito produtivo, especialmente no Espírito Santo. Ele conta que as expectativas estão positivas para 2023 e que está torcendo por um ano muito bom para todos.



Breno Sasso Alighieri, membro da diretoria adjunta da entidade, ressaltou que a entidade cumpriu os objetivos que tinha traçado para 2022 e que terá muitos desafios em 2023. “Com uma equipe próspera e unida tenho certeza que vamos conseguir conquistá-los”.



Marcio Silberberg, membro do conselho fiscal, ressaltou a satisfação em participar das decisões do Sindiex ao longo de 2022. “Foram ótimos momentos, com trocas e experiências. Temos um 2023 de muitos desafios e agradeço a todos que estão acompanhando nosso trabalho”.


CLIQUE AQUI e confira o vídeo com os depoimentos dos diretores.


O que eles esperam de 2023?

Compartilhe:

 

 

Visitas: 265



http://sindiex.org.br/ http://sindiex.org.br/


Este site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Leia nossa Política de privacidade.