Iniciativa do Sindiex, projeto E-trânsito promete agilizar o fluxo de cargas em 2023

Publicado em 26/01/2023

Uma plataforma de monitoramento de cargas em trânsito para controle das operações aduaneiras deve sair do papel ao longo de 2023 e ajudar a agilizar o fluxo de cargas, simplificar a rotina, racionalizar os recursos humanos e melhorar o controle fiscal nas operações de comércio exterior pelos portos capixabas.

O presidente do Sindiex, Sidemar Acosta, lembra que a ideia do projeto E-trânsito surgiu no final de 2021, através de uma demanda da entidade em reunião com a Sectides e a Alfândega do Porto de Vitória. “Na ocasião, junto ao subsecretário e o delegado Fabrício Betto, iniciamos as tratativas sobre o trânsito simplificado de contêineres desembarcados nos portos de Santos e do Rio de Janeiro, com posterior desembaraço no Espírito Santo”.

Ao longo de 2022, com o envolvimento do Sindiex, da Alfândega do Porto de Vitória, do Governo do Espírito Santo, da Fapes, do Ifes e apoio de entidades como Sincades, Transcares, Sindirochas, Centrorochas, APRA e CCCV, o projeto começou a sair do papel e virar realidade.

Na avaliação da Alfândega, as ferramentas tecnológicas atuais permitem conciliar a agilidade desejada pelos operadores à segurança necessária ao regime de Trânsito Aduaneiro. Diante disso, será desenvolvida uma plataforma de monitoramento remoto das cargas em trânsito, utilizando elementos de segurança inteligentes e que garantam a integridade dos dados e sua transmissão em tempo real para a Receita Federal.
Iniciativa do Sindiex, projeto E-trânsito promete agilizar o fluxo de cargas em 2023

Compartilhe:

 

 

Visitas: 775



http://sindiex.org.br/ http://sindiex.org.br/


Este site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Leia nossa Política de privacidade.