Estudo de mercado aponta oportunidades para o setor de rochas brasileiro no México

Publicado em 31/10/2022

O México, um dos países-alvo do It's Natural - Brazilian Natural Stone, foi tema de um estudo de mercado realizado pelo projeto setorial, com apoio do Centro Brasileiro dos Exportadores de Rochas Ornamentais (Centrorochas) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil). O resultado do trabalho foi apresentado durante seminário virtual realizado no dia 24 de outubro, que contou com cerca 50 participantes.

Na abertura, o presidente do Centrorochas, Tales Machado, lembrou o quanto o setor desconhecia as ferramentas oferecidas pela Agência nacional, até a entidade assumir a sua gestão. "Quando estávamos construindo a proposta para execução do projeto setorial, eu me lembro do Roberto Jaguaribe (então presidente da ApexBrasil), falando que o setor de rochas era o único que não aproveitava as oportunidades oferecidas por meio do convênio. Desde então, é isso que temos procurado, trazer tudo que a Apex tem e pode oferecer para o nosso segmento, de forma a impulsionar a nossa participação no mercado internacional. Este é o primeiro de muitos estudos que virão", comemorou.

Conduzido pelo gerente do It's Natural no Centrorochas, Rogério Ribeiro, o evento contou com a participação do chefe do Setor de Promoção Comercial e Agronegócio (Secom) na Embaixada do México, Pedro Luiz do Nascimento Filho; que detalhou como a Secom pode apoiar os empresários no país. Em sua participação, o gestor no It's Natural da ApexBrasil, Emerson Raiol, destacou que a íntegra do estudo será disponibilizada para as empresas apoiadas (veja abaixo como receber o documento).

Aspectos gerais do Estudo do México foram apresentados pelo economista, Marcelo Prado, sócio-diretor da IEMI Inteligência de Mercado. Após fazer um overview sobre o país, ele apresentou os principais insights e detalhou alguns pontos, completando com recomendações estratégicas. "A boa receptividade e diversidade das rochas brasileiras garante uma vantagem competitiva entre os concorrentes. Com forte redução na produção local, mais do que nunca, o México necessita de importações para suprir essas demandas. E esta é uma excelente oportunidade para os exportadores de rochas brasileiras", destacou.

Missão Comercial prevista para 2023

O Estudo de Mercado faz parte de uma série de ações que, somadas, munem o setor com as informações necessárias para otimizar os resultados naquele país. São elas: estudo, missão prospectiva, seminário de apresentação dos resultados e missão comercial.

Em agosto deste ano, após analisar as informações levantadas sobre o mercado mexicano, o gerente do It's Natural, Rogério Ribeiro, e o coordenador de inteligência de mercado do Centrorochas, Luiz Gustavo Drumond, visitaram o país durante missão prospectiva, para validação das informações apresentadas. "O estudo foi muito fiel a tudo que vimos in loco", afirmou Luiz.

Segundo Rogério Ribeiro, a última etapa desta ação tem previsão de acontecer no primeiro semestre de 2023. "A missão comercial acontece após as três primeiras etapas e é quando a gente visita o país, juntamente com um grupo de empresários, com foco em iniciar e, se possível, efetivar negociações comerciais", explicou e complementou que o Estudo de Mercado trouxe lições que poderão se desdobrar em outras atividades no país.
Estudo de mercado aponta oportunidades para o setor de rochas brasileiro no México

Compartilhe:

 

 

Visitas: 156

Fonte: Apex Brasil

http://sindiex.org.br/ http://sindiex.org.br/


Este site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Leia nossa Política de privacidade.