Publicado em 09/12/2021

 O ano de 2021 se encerra com boas notícias para o comércio exterior capixaba que, em pouco mais de dois anos, vai ganhar um complexo portuário privado para garantir ainda mais competitividade e aumentar as exportações e importações do Espírito Santo. O Imetame Porto Aracruz teve obras iniciadas no último mês de junho e terá área total de 1 milhão de metros quadrados.

Em recente apresentação para entidades, autoridades e empresários do setor, Anderson Carvalho, diretor da Imetame, adiantou que o quebra-mar norte do porto já está chegando a 600 metros dos 1.100 totais e que a expectativa é que no primeiro semestre de 2024 as operações do primeiro berço já sejam iniciadas.

Carvalho explicou que o terminal vai começar a operar com os berços para carga geral e para contêineres – que são as demandas mais urgentes para o Estado. Em seguida, entrarão em operação os berços voltados para grãos e fertilizantes e para óleo e gás. O porto contará com uma profundidade inicial de 17 metros, mas podendo chegar a 25 metros.

O diretor apontou, ainda, outras vantagens do porto: ele poderá acomodar navios de até 400 metros de comprimento, sem restrição de boca e de calado aéreo. Além disso, o canal de navegação será curto, de apenas três quilômetros. Outro diferencial é que o Imetame Porto Aracruz está trabalhando para ser um terminal 100% verde, investindo em energia alternativa e na redução da emissão de CO2.

“O Espírito Santo tem uma localização excelente e consegue, em um raio de 1.200 quilômetros, alcançar 70% do PIB do país. Estamos desenvolvendo o projeto de uma ZPE com excelentes vantagens para exportação, o que deve ser um diferencial ainda maior para o comércio exterior capixaba”, pontuou Carvalho.

CLIQUE AQUI e confira a apresentação do Anderson Carvalho sobre as novidades do porto. Início da fala no vídeo: 1:39:18.     

Foto: Helio Filho

Compartilhe:

 

 

Visitas: 200



http://sindiex.org.br/ http://sindiex.org.br/


Este site utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Leia nossa Política de privacidade.